Caçador- Santa Catarina - Portal CDR - contato@portalcdr.com.br

Encontre no site:

REDE MUNICIPAL

Caçador vai doar cestas básicas para famílias carentes

Projeto de Lei que autoriza o Município a fazer doações foi aprovado em regime de urgência pelos vereadores na tarde desta sexta-feira

28/03/2020 às 10:04

Imprimir

Os Vereadores de Caçador voltaram a se reunir em caráter extraordinário na tarde desta sexta-feira (27), para aprovar Projeto de Lei que autoriza o Município a fazer doações de cestas básicas aos alunos da Rede Municipal de Ensino, cuja família esteja inserida nos programas de transferência de renda do Governo Federal como Benefício de Prestação Continuada - BPC, Bolsa Família ou outros.

A matéria foi aprovada em caráter de urgência devido a paralisação das aulas em todo o Estado, e da necessidade que muitas famílias de baixa renda passam, sendo a merenda escolar, em muitas vezes, a principal refeição das crianças.

Durante a votação da matéria o Vereador Marcos Creminácio (PDT) chamou a atenção para a necessidade de um Programa de Renda Mínima, a exemplo do que acontece em outras cidades como Florianópolis, visando auxiliar na renda das famílias carentes do Município.

“Em Florianópolis, neste período de pandemia, a Prefeitura acrescentou um valor extra nesta renda mínima. Isso porque, em muitos casos, as famílias recebem a cesta básica, mas não possuem recursos para comprar o gás, por exemplo, que dificulta a situação. Penso que o Executivo deve mandar um projeto desta natureza para a Câmara, ao mesmo tempo em que precisa pensar em políticas públicas que estimulem a geração de emprego e auxiliem em outras demandas essenciais para minimizar os efeitos da crise”, destaca.

A Vereadora Cleony Figur (PSD) informou que a secretaria de Assistência Social já tem pontuada quem e quantas são as crianças a serem atendidas. “É uma medida excepcional, mas de extrema importância, especialmente devido a suspensão das aulas pelo período de 30 dias”, completou.

        Apesar de terem aprovado o Sistema de Deliberação Remota, possibilitado que a votação fosse on-line, os Vereadores optaram por sessões presenciais. Vale ressaltar que os parlamentares não recebem subsídios adicionais nas reuniões extraordinárias.

 

 

 

Espalhe essa notícia

Comentários

Comentários

Comentários com ofensas pessoais, de cunho político e palavras de baixo calão não serão publicados.

Nome:

Comentário:

 

Matéria retirada do Portal CDR - WWW.PORTALCDR.COM.BR

WWW.PORTALCDR.COM.BR | CONTATO@PORTALCDR.COM.BR